ADDX - Idéias + Resultados
Rede dos Conselhos de Medicina
Selecione o Conselho que deseja acessar:
Conselho Regional de Medicina de Minas Gerais
Menu de acesso rápido:
Onde você está
Mídia | Jornal do CRMMG | Jornal ON-LINE

Saúde na Imprensa


20/12/2017 – 12:17  —  Fonte: O TEMPO

Dentistas de BH ignoram veto da Justiça à aplicação de botox


Juíza federal atendeu solicitação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

THUANY MOTTA

Mesmo com a liminar que proíbe a aplicação de botox para fins estéticos por dentistas, concedida na última sexta-feira pela Justiça Federal após ação da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a reportagem de O Tempo conseguiu agendar na segunda-feira (18/12) o procedimento em três consultórios de Belo Horizonte.

Em um deles, no bairro Buritis, oeste da cidade, a atendente garantiu a realização da aplicação mesmo sabendo da proibição. "Sempre tem gente querendo proibir. Logo o Conselho Federal de Odontologia (CFO) vai reverter a situação. Vamos deixar marcado para semana que vem. Não há riscos", afirmou a funcionária.

Em outro consultório, o recepcionista que atendeu a ligação disse que não sabia do impedimento. "Não estamos sabendo de nada, e a dentista não me orientou a parar com os agendamentos", pontuou o rapaz.

No pedido cautelar da SBCP, o argumento é que os cirurgiões-dentistas não estão aptos tecnicamente a realizar o procedimento estético, mas apenas os médicos com especialização em cirurgia plástica.

Ao acatar a justificativa, a juíza Moniky Fonseca, da 5° Vara Federal, no Rio Grande do Norte, suspendeu resolução de 2016 do Conselho Federal de Odontologia (CFO) que autorizava dentistas a fazer uso da toxina botulínica, o botox, e de substâncias de preenchimento facial para fins estéticos.

"A regulamentação infralegal impugnada, ao possibilitar aos profissionais de odontologia, cuja formação não visa à realização de atos médicos, o exercício dos atos privativos dessa categoria, põe em risco a saúde da população", escreveu a juíza.

Em nota, o CFO afirmou que respeita a decisão. O órgão ressalta que, "ainda que em caráter liminar, (a decisão) produziu efeitos imediatos, os quais estão sendo devidamente observados e deve ser cumprida também por todos os cirurgiões-dentistas".

O CRO declarou ainda, na nota, que entrará com um recurso contra a liminar.

 À reportagem, o órgão salientou que a comunicação da decisão judicial aos profissionais da área está acontecendo no site da entidade.

Ao ser informado que várias clínicas seguiam agendando clientes, o conselho disse que vai investigar as denúncias de profissionais que estejam oferecendo o serviço. As queixas podem ser feitas no Conselho Regional de Odontologia de cada Estado.

O presidente da SBCP, Luciano Chaves, disse à reportagem que a resolução é equivocada. "O CRO não se preocupou em saber se havia ou não uma qualificação necessária para atuação dos seus profissionais. São muitos os pacientes que chegam até as clínicas de cirurgia plástica para reverter complicações advindas da prática feita por eles", afirmou Chaves.

Profissional questiona argumento

O acesso ao site do Conselho Federal de Odontologia foi suficiente para que o cirurgião-dentista Leonardo Mendes suspendesse, preventivamente, todas as aplicações agendadas para esta semana. "Li a notícia na internet e entrei no site do CFO para confirmar. Na manhã de segunda-feira, pedi à minha secretária que ligasse para quatro pacientes marcados para explicar a situação e aguardar nosso contato em breve, esperando alguma novidade nessa situação toda", diz.

Apesar de acatar a decisão judicial, Mendes argumenta que está preparado para aplicar botox para fins estéticos. "Fiz e faço cursos de especialização na área para estar sempre atualizado. Realizo a aplicação desde 2015 e, mesmo não sabendo o número exato de pacientes atendidos, nenhum deles apresentou qualquer tipo de complicação", afirma o profissional.

Notícia adicionada por: Edson Braz
Visualizações: 399


Rua dos Timbiras, 1200, Boa Viagem
Belo Horizonte/MG — 30140–064
Horário de atendimento: 09:00h às 18:00h
Geral: (31) 3248–7700
Fax: (31) 3248–7701
FALE CONOSCO
Delegacias Regionais: